O CLIA® é para você ?

Uma ferramenta de compliance de projetos acessível para todos...

O CLIA® foi criado a partir de uma necessidade específica do setor de Construção Civil, para permitir uma abordagem mais inteligente no atendimento a normas onde há uma equipe diversa e dificuldade em definir as responsabilidades de cada um.

O ganho que o CLIA® traz à sua empresa ultrapassa a melhoria de qualidade. Ele te traz a um novo nível de organização, com definições de responsabilidades adequadas ao tempo certo, de modo que os riscos sejam mitigados e que os custos de não conformidade diminuam sensívelmente

Se você identifica algumas das necessidades abaixo como importantes para o processo de conformidade, o CLIA® trará um diferencial importante para sua empresa.

Toda a equipe precisa estar capacitada para atender a uma norma, legislação ou procedimento interno

Não são as máquinas, ferramentas e sistemas que geram a conformidade, mas sim, as pessoas. E essas pessoas, bem capacitadas, são capazes produzir a conformidade, cumprindo e superando todas as expectativas impostas.

Para isto, é necessário capacitação. O problema começa quando, dentro da equipe, há profissionais terceirizados, cuja capacitação não é bancada pela sua empresa.

O CLIA® diminui radicalmente o tempo de capacitação para o atendimento a uma norma ou processo, deixando ao profissional responder sobre o que ele já sabe, sem se perder em treinamentos desnecessários, que nada contribuem para a conformidade.

A norma ou legislação é muito extensa e deve haver certeza de que nada foi esquecido

A maioria das normas e legislações são grandes o suficiente para que o risco de se esquecer o atendimento a determinado item crie uma insegurança na equipe. Insegurança esta que pode comprometer de modo sensível o resultado final.

Com o CLIA®, o processo de conformidade vem com garantia de abrangência de 100% dos itens da norma ou legislação. Assim, cria-se uma zona de conforto, onde a produtividade aumenta e a resistência dos membros é diminuida.

A equipe tem que agir de modo colaborativo

Colaborar significa trabalhar em comum com outras pessoas, agir em conjunto em prol de um objetivo comum, participar de grupos de discussão e juntar duas ou mais ideias para a formação de uma ainda melhor.

Uma empresa colaborativa basicamente consiste nisso: ela engaja o seu time interno com parceiros e clientes, fazendo com que eles tenham voz ativa o tempo inteiro e sejam capazes de, juntos, atingir a conformidade.

No CLIA®, a colaboração é inerente à metodologia. Com um fluxo simples e claro, dentro de um ambiente que não deixa dúvidas do que deve ser feito, a colaboração é alcançada, mesmo com grandes equipes heterogêneas e localizadas geograficamente distantes.

O processo é longo e o atendimento deve ser adequado à fase na qual o projeto está

O ciclo de um processo de conformidade normalmente é longo, consistindo de várias etapas onde itens podem ter um custo menor se forem atendidos no momento certo.

Saber definir este momento é a diferença entre um processo tranquilo e sem percalços e outro com estouro de orçamento.

A metodologia CLIA® garante que as perguntas aparecerão para a pessoa certa na etapa que o projeto está, orientando-o a um esforço adequado para aquele momento, sem desperdiçar recurso com decisões que só deverão ser tomadas mais tarde no processo.

O escopo de responsabilidades de cada um para o processo de conformidade é nebuloso

Em normas grandes, muitas vezes o que cada membro da equipe precisa fazer no processo de conformidade é interpretado de maneiras diferentes e, na maioria das vezes, conflitantes.

Definir o escopo de responsabilidade de cada membro da equipe, adequado à etapa do processo, torna o esforço de conformidade menor e diminui sensivelmente a resistência ao engajamento da equipe como um todo, facilitando a relação de não conformidades com o responsável para aquele item.

Com um processo padronizado, o CLIA® define o escopo de cada um, que se repete projeto a projeto. Desta maneira, não há dúvidas de quem seja o responsável naquela etapa, para aquele item da norma.

As tratativas precisam ser registradas e formalizadas

Sem registro, não há gestão do processo. Mudanças devem ser registradas, desde sua origem ( quem a solicitou ) até sua resolução ( quem recusou, quem aceitou a solicitação, o que foi alterado ).

Para isto, o CLIA® provê um sistema completa de gestão de mudanças, elaborando através do processo um Memorial Técnico, formalizando todas as decisões tomadas através de um documento único, de fácil acesso.

As decisões tomadas precisam de rastreabilidade

Muitas vezes gastamos horas em emails e atas de reunião tentando localizar quem decidiu determinada informação, quais foram as justificativas para isto, etc.

No CLIA® há a chamada rastreabilidade bidirecional. Você pode descobrir, com um clique, todo o histórico de alterações de determinado item do Memorial Técnico, quem foram os responsáveis e quando, mas também pode descobrir qual o impacto no Memorial causado por uma resposta de determinado membro da equipe a um item do checklist.

O custo de não atendimento pode inviabilizar o projeto

Todo projeto tem um custo. Se o projeto falhar, alguém vai perder dinheiro. A preocupação em financiar projetos que envolvam legislação ou normas complexas são de que muitas das despesas ocorrem após o momento ideal em que poderíamos mitigá-la ou até mesmo evitá-la. Se for um problema grande o suficiente, o projeto acaba aí, sem retorno do investimento.

A mitigação de riscos provida pelo metodologia CLIA® transforma uma contenção de danos em um processo norteado pelo sucesso, diminuindo o risco de fracasso no seu processo de conformidade e, claro, diminuindo radicalmente o custo com processo legais decorrentes do não atendimento.